Feedback como Ferramenta para Minimizar Conflitos Internos Dentro das Organizações

Este é um tema na qual é muito interessante e importante abordar. E foi tema de um trabalho de MBA. Inserimos o mesmo na íntegra para que tenhamos uma visão objetiva e ao mesmo tempo com grande amplitude de aplicabilidade. Foi realizado um estudo com uma empresa no ramo de concessionárias de rodovias – TEBE. Créditos aos alunos do MBA em Gestão de Pessoas do Centro Universitário UNIFAFIBE:

Maurício Campanelli Pereira, Saleti Aparecida Massão Pereira e Rafael Carlos Ribeiro

Resumo

Este trabalho se propõe a estudar a importância do feedback como ferramenta para minimizar conflitos internos dentro das organizações, em uma empresa, que atua na área de concessão de rodovias. O feedback determina o clico da comunicação. A retroalimentação recebida dos superiores influi diretamente nos níveis de satisfação e de motivação no trabalho dos subordinados. A comunicação de duas vias só é possível através do feedback. Na comunicação de duas vias, o locutor envia a mensagem e o receptor a devolve ao locutor. O resultado é que o locutor pode ajustar a próxima mensagem para adequá-la às respostas anteriores do receptor. Um líder que deixa de elogiar ou informar a um subordinado que seu trabalho foi realizado a contento, ou que deixa de proporcionar recursos que auxilie seus liderados na realização do trabalho, está emitindo uma mensagem a seus colaboradores que pode ser a não pretendida por ele.

Introdução

Muitas empresas atualmente se preocupam em ter tecnologias de ponta, investir em materiais e ferramentas de qualidade, ressaltam a preocupação com a qualidade de vida no trabalho e até falam muito sobre a valorização do ser humano. Contudo deixam em segundo plano algo que é fundamental: o papel da comunicação entre os clientes internos, para que estes alcancem os objetivos propostos.

Dar e receber feedback ainda gera certo desconforto entre gestores e subordinados, e com isso muitas empresas e profissionais perdem a oportunidade de aprenderem e se desenvolverem.

A questão de confiança na outra pessoa é crítica, especialmente em situações de trabalho ou outras que podem afetar nosso status ou imagem. Podemos também recear o que a outra pessoa pensa a nosso respeito. Podemos sentir que nossa independência esteja sendo violada ou que o apoio que esperávamos nos esteja sendo negado.

O feedback é o processo de fornecer dados a uma pessoa ou a um grupo, ajudando-o a melhorar seu desempenho no sentido de atingir resultados.

De uma forma simples, o feedback é um retorno sobre a forma de atuação de uma pessoa, e no mundo empresarial, podemos dizer que é uma avaliação feita pelo gestor ou colega de trabalho sobre sua forma de atuação frente aos trabalhos solicitados. Serve para esclarecer aos colaboradores os pontos a serem trabalhados. Aponta qualidades e deficiências na execução do trabalho, pode explicar novas formas de execução de tarefas e sugerir mudanças. Tem como objetivo rever atitudes inadequadas, e pode também ser considerada uma excelente ferramenta para reforçar comportamentos apropriados, atitudes inovadoras e criativas.

O feedback é parte fundamental do processo que orienta as pessoas a apresentarem comportamento e desempenho apropriados a uma determinada situação, fazendo com que saibam como estão sendo vistas no mercado ou no ambiente de trabalho, desta forma, podemos saber como estamos sendo vistos e avaliados ao nosso redor.

A falta do feedback pode nos deixar sem saber qual direção seguir. Podemos considerá-lo como sendo uma bússola, que nos dá a direção que devemos tomar, para atingir nosso objetivo e satisfação do cliente. Assim sendo, temos que considerar que toda informação que recebe-se de chefes, subordinados, amigos, clientes e etc., podem se orientar na correção da rota.

Justificativa

O presente tema foi escolhido devido à questão de que o feedback é uma ferramenta importante, e que não vem sendo utilizada por muitas empresas para poder minimizar os conflitos que são gerados pelos funcionários dentro da empresa e acabam atrapalhando no desenvolvimento das tarefas e no desempenho dos próprios funcionários.

Objetivo

A presente pesquisa tem como objetivo principal analisar o feedback como ferramenta para minimizar conflitos internos dentro das organizações.

Na área de comportamento organizacional, atualmente questiona-se como gerenciar a contradição entre a exigência de compromisso com a organização em um momento de fortes dúvidas sobre a própria continuidade do emprego, em uma época de precarização das relações de trabalho e de estímulo a que cada trabalhador seja empregável. Se no passado se exigia consentimento e lealdade, oferecendo, em contrapartida, progresso por meio da carreira, com as mudanças no mercado de trabalho, a vida profissional passa a estar centrada no indivíduo, enfraquecendo o vínculo com a organização e fortalecendo o comprometimento com sua carreira, sem a expectativa de ancorá-lo em um único emprego.

Os estudos do comprometimento com a profissão e organização, classicamente, têm sido desenvolvidos de forma isolada. O comprometimento com a carreira/profissão apresenta menor volume de pesquisa e se caracteriza por ser um campo com múltiplas questões em aberto. Estudos têm sido realizados, buscando identificar a possibilidade do indivíduo sentir-se envolvido simultaneamente com estes dois focos do mundo do trabalho, ou seja, a organização e carreira. Os resultados fortalecem a hipótese de que a conciliação ou o conflito entre os dois focos é mediado pelo nível em que a ocupação é compatível com os interesses pessoais e o nível em que o indivíduo encontra suporte à realização profissional na organização.

Metodologia

A presente pesquisa será do tipo descritiva, pois a pesquisa descritiva tem como principal objetivo descrever características de determinada população ou fenômeno ou o estabelecimento de variáveis. Uma das características mais significativas está na utilização de técnicas padronizadas de coleta de dados.

Este trabalho será baseado através de metodologia bibliográficas, onde através de conceitos serão abordados fatos mais concretos sobre este assunto, com objetivo de mostrar a real necessidade de proteção tanto para o funcionário quanto para a empresa.

Resultados e Discussões

Em relação ao feedback como ferramenta para minimizar conflitos internos dentro das organizações, a Concessionária de Rodovias Tebe no qual foi feito o estudo, este assunto vem mostrando a importância da falta desta ferramenta, pois nos dias de hoje, as organizações estão cada vez mais cobrando responsabilidade de seus colaboradores e com menor número de pessoas, acarretando uma falta de tempo dos gestores e outros cargos de comando, para poder observar seus subordinados na atenção das dúvidas dos serviços e necessidades para o desenvolvimento de um trabalho de qualidade e eficiência, havendo com isso, uma insegurança das pessoas no desenvolvimento de suas tarefas e responsabilidades diárias se estão sendo correspondidas para o qual as empresas esperam deste profissional. Todo este desconforto acaba causando uma série de pequenos conflitos internos entre as áreas e colegas de trabalho na busca de um melhor resultado para uma possível oportunidade de crescimento profissional dentro das organizações.

Devido este problema que vem ocorrendo nas organizações, a Tebe veio realizando uma séria de pesquisa interna iniciada no ano de 2006 com a implantação da Avaliação de Desempenho sendo desenvolvido pela área de Recursos Humanos. Nos anos seguintes, iniciou-se esta avaliação junto aos colaboradores conforme a necessidade da empresa, havendo o envolvimento de todos aonde este trabalho vem sendo pontuado e planejada a implantação dos treinamentos durante esta período até o ano de 2011. O resultado vem refletindo de forma positiva, onde para o ano de 2012, a Tebe continuou com o desenvolvimento desta Avaliação com a participação dos gestores na correção destas pontuações feitas durante estes anos para o Perfil Ideal para determinados cargos. Com este trabalho, é visível a satisfação interna e o envolvimento dos colaboradores através dos resultados dos trabalhos, tanto na qualidade como no desempenho das tarefas e relacionamento interno das pessoas.

A vantagem de todo este trabalho da Concessionária, é de procurar estar sempre melhorando de forma contínua, a satisfação interna dos colaboradores, sendo no seu desenvolvimento profissional, na sua qualidade tanto no trabalho como em sua vida social.

A desvantagem deste trabalho que possa ser colocado, seria o investimento nas pessoas durante todos estes anos e a empresa vir a perder este colaborador para uma outra empresa do mercado.

Considerações Finais

A visão empresarial em relação ao feedback como ferramenta, tornou-se atualmente um instrumento de grande importância para as organizações devido a enorme competitividade entre as empresas. A visão empresarial dos atuais administradores conduz à busca de uma melhor qualidade dos seus colaboradores tanto dentro das organizações quando na vida pessoal de cada um.

Este trabalho foi realizado de forma participativa e consciente por todas as áreas e colaboradores da empresa.

Referência Bibliográfica

ADLER, R. B.; TOWNE, N. Comunicação Interpessoal. 9. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2002.

BERLO, D. K. O processo da Comunicação: Introdução à Teoria e à Prática. Tradução Jorge Arnaldo Fontes. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BRUYNE, P. Dinâmica da Pesquisa em Ciências Sociais: os Pólos da Prática Metodológica. Rio de Janeiro: F. Alves, 1977.

DAVIS, K.; NEWSTRON, J. W. Comportamento Humano no Trabalho: uma Abordagem Organizacional. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2001.

GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

MARTINS, J. L. T. P. Poder e Comprometimento Organizacional. 1998. 99f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social e do Trabalho) – Instituto de Psicologia. Universidade de Brasília, Brasília.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa Social: Métodos e Técnicas. São Paulo: Atlas, 1985.

Rafael Ribeiro – rafitusribeiro@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s